Perfil Corporativo

Estrutura Operacional

A Springs opera 8 plantas localizadas no Brasil que se suprem entre si de forma que, em seu conjunto, formam uma indústria integrada de fiação, tecelagem, preparação, tinturaria, estamparia, acabamento, e confecção de produtos têxteis para o lar. A Springs opera também 5 unidades nos Estados Unidos e 1 na Argentina e possui escritórios com fontes de fornecimento de produtos que completam sua linha de produtos em Xangai (China).

A Springs acredita ser uma das empresas líderes mundiais na fabricação de produtos têxteis para o lar. Contando com máquinas e equipamentos modernos, suas unidades industriais têm capacidade anual de produção de 80 mil toneladas de produtos finais com alto grau de integração vertical.

Linha de Produtos

As atividades industriais da Springs são focadas em três segmentos principais: Cama, Mesa e Banho (CAMEBA), Utility Bedding e Produtos Intermediários.

CAMEBA

A Companhia desenha, fabrica e comercializa uma linha completa de produtos coordenados com suas marcas e licenças, e também marcas de terceiros, que são distribuídos através dos grandes varejistas localizados, em sua maioria, na América do Sul, e que inclui lençóis e fronhas avulsos, jogos de lençóis, toalhas de mesa, toalhas de banho, tapetes e acessórios para o banheiro.

Utility Bedding

Essa categoria de produtos está representada por travesseiros, protetores de colchão, edredons e colchas. As principais unidades de produção desses produtos são Martinsville (VA), Commerce (CA) e Bartlesville (OK) nos Estados Unidos e Blumenau no Brasil.

Produtos Intermediários

A Companhia fabrica e comercializa fios e tecidos para um mercado representado principalmente por pequenas e médias confecções, malharias e tecelagens. Os tecidos são vendidos no seu estado natural ou tintos e estampados.

Processo Produtivo

Várias de nossas matérias-primas são commodities, cujos preços variam de acordo com as flutuações das forças de oferta e demanda. Compramos grandes quantidades de algodão, poliéster, nylon e látex, bem como grandes quantidades de produtos químicos, tais como, corantes, auxiliares, soda cáustica, peróxido de hidrogênio e materiais de embalagens, incluindo caixas de papelão, embalagem de vinil e plásticos.

As duas principais matérias-primas utilizadas em nosso processo produtivo são: as fibras de algodão e as fibras de poliéster cortadas:

Algodão: Nossos abastecimentos de algodão são feitos por intermédio de contratos de fornecimento celebrados com mais de 80 diferentes fornecedores, de várias partes do Brasil e, também de comercializadores internacionais. De modo geral, tais fornecimentos são adquiridos através de contratos futuros, pelos quais as entregas de algodão são efetuadas em datas de entrega programada.

Poliéster: Adquirimos quase todo o nosso poliéster no Brasil. Tendo em vista que realizamos aquisições constantes de poliéster durante todo o ano e, em razão do alto volume dessas aquisições, adquirimos o produto a preços estáveis. Embora os preços do poliéster possam ser afetados pelas variações dos preços do petróleo, eles também tendem a seguir os preços do algodão, com flutuações menos extremadas.

O gráfico a seguir demonstra o fluxo do nosso processo têxtil:

Produtos Intermediários

Fios: Fiação é o processo pelo qual fibras de algodão e poliéster são reunidas para criar os fios empregados nos tecidos. As principais tecnologias utilizadas na produção de fios são: anel, rotor e jato de ar. A fiação a rotor é de seis a nove vezes mais produtiva do que a fiação a anel, o que reduz o custo de produção. A fiação a jato de ar é, em média, duas vezes mais rápida do que a fiação a rotor, sendo, contudo, menos versátil do que esta tecnologia. Tanto a tecnologia a rotor, como a de jato de ar, produzem fios de qualidade mais regular, enquanto a fiação a anel produz fios mais macios.

Tecidos: Tecelagem é o processo de entrelaçamento de fios para a produção de tecido. A tecelagem consiste em introduzir perpendicularmente o fio, entrelaçando uma camada de fios paralelos. O fio é transformado em tecido cru por meio de modernos teares de alta velocidade do tipo air-jet, os quais são muito mais rápidos e mais eficientes que os tradicionais teares a laçadeiras. O tecido cru é então tingido e/ou estampado e acabado. Todo esse processo é chamado de acabamento e se inicia com a remoção da goma utilizada para a tecelagem e das impurezas do material, através do processo de purga e alvejamento. Em seguida, dependendo do destino final do produto, cores e design, o tecido é tingido em cores sólidas e/ou estampado, com base nas especificações do cliente.

CAMEBA

Lençóis e Fronhas: O tecido é cortado e encaminhado a uma máquina que fixa termicamente suas dimensões, alinha seus fios e melhora o toque e textura do material. Uma vez finalizada a produção do tecido, o processo de fabricação de lençóis e fronhas requer o corte, a costura e a embalagem do material de acordo com diferentes especificações técnicas.

Toalhas: Os fios utilizados podem ser tingidos antes ou após a tecelagem, dependendo das especificações e designs das toalhas. O fio é então transformado em toalha através de modernos teares de felpa a jato de ar ou pinça de alta velocidade. Alguns desses teares possuem capacidade de produzir desenhos jacquard, o que permite a produção de padrões de produto bastante sofisticados. O tecido é levado então para o processo de acabamento onde será alvejado através de um processo do tipo corda ou alvejamento aberto. O produto é posteriormente tingido e/ou estampado, lavado e acabado. Finalmente, as toalhas são cortadas, costuradas e embaladas conforme as especificações técnicas finais.

Utility Bedding

Colchas: As colchas destinadas ao mercado institucional (ex.: hospitais e hotéis) são tingidas com processo denominado VAT a fim de atingir cores mais sólidas. O produto é em seguida cortado e costurado de acordo com as dimensões e especificações técnicas dos segmentos aos quais se destinam. As colchas são então submetidas a processos adicionais de lavagem e secagem para melhorar sua textura.

Travesseiros: As fibras são recebidas em fardos e misturadas para melhor uniformizá-las. Depois disso, são processadas através da operação de cardagem, que as paraleliza, formando uma teia que é dobrada diversas vezes e cortada em tamanhos específicos. Uma quantidade adequada é então enrolada e inserida na fronha do travesseiro. O travesseiro é finalizado com a costura para o seu fechamento.

Edredons e Protetores de Colchão: De modo semelhante aos travesseiros, as fibras são recebidas em fardos e misturadas para uma melhor uniformização. Em seguida, são processadas através da operação de cardagem, onde as fibras são penteadas, paralelizadas e comprimidas para formar a manta. A manta é costurada e inserida entre as duas partes da capa do edredon, baseado nas especificações do cliente. A capa do edredon é então costurada e embalada.

Canais de Distribuição

A Companhia comercializa seus produtos através de dois canais de vendas principais:

Varejo Multimarcas

Os produtos de CAMEBA da Springs são vendidos nos mercados multimarcas norte-americanos e sul-americanos sob marcas reconhecidas e renomadas, incluindo: Artex e Santista (Brasil), Arco Íris, Fantasia e Palette (Argentina) e Springmaid, Wabasso e Texmade (América do Norte).

Os principais clientes da Springs no segmento multimarcas são lojas de departamento, grandes varejistas, além de lojas e redes especializadas em CAMEBA, de pequeno e médio porte. A Companhia atende atualmente a mais de 10 mil clientes ativos, garantindo uma cobertura nacional de vendas e acesso importante principalmente a cidades de menor porte. Trata-se do principal canal de distribuição da Springs, representando atualmente 2/3 das vendas de produtos com marcas no país e o principal canal para atendimento dos segmentos econômicos.

A relação da Companhia com lojas de departamentos de maior porte e com os grandes varejistas é empreendida em todos os níveis, abrangendo desde o atendimento ao cliente, gestão da marca, desenvolvimento de produto e merchandising. Seus esforços de vendas são complementados por um diálogo estratégico de longo prazo com os membros da alta administração destes clientes.

De forma geral, a Springs conta com a confiança de varejistas e licenciadores de marcas líderes que consideram-na uma Companhia que constrói e executa estratégias de marketing para suas marcas consistentes com os segmentos de clientes em que atua.

Varejo Monomarca

A Companhia opera lojas próprias e/ou administra um sistema de franquias das bandeiras MMartan, Artex e Casas Moysés que, em conjunto, lhe garante presença e cobertura de virtualmente todo o território nacional.

As operações de varejo monomarca da Companhia estão sediadas na cidade de Vinhedo (SP). A unidade de Vinhedo possui um Centro de Distribuição (CD) que armazena 1,5 milhão de peças e fica responsável pelo abastecimento de todas as lojas do sistema.

Cada bandeira possui um formato operacional específico e bem definido, incluindo um portfolio de produtos próprios e um conjunto de estratégias de marketing e de merchandising voltadas ao atendimento de distintos grupos consumidores:

Esta marca está focada em consumidores interessados em produtos de altíssima qualidade e com expectativa de atendimento diferenciado. Os produtos da marca Casa Moysés são fabricados a partir de tecidos de alto padrão, importados de terceiros e são comercializados exclusivamente através das lojas de bandeira MMartan e Casa Moysés.

A MMartan está direcionada a atender clientes interessados em produtos de maior qualidade e com expectativa por um atendimento de alto padrão. Os produtos comercializados com a marca MMartan são confeccionados pela Companhia a partir de tecidos de elevada qualidade e produtos importados.

A Artex está focada em servir clientes interessados em produtos de boa qualidade, na oferta de grande variedade (modelos e cores), além de preços competitivos e um atendimento eficiente na loja. Os produtos comercializados com a marca Artex são confeccionados pela Companhia. A Companhia também comercializa seus produtos através de uma plataforma proprietária de comércio eletrônico.